Matéria

A verdade sobre a creatina

Bruno Brown – Nutricionista – CRN 09101026

Já há algum tempo a creatina já está liberada no Brasil, mas ela foi proibida durante algum tempo pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), com a alegação de que não possuía comprovação cientifica da eficácia da suplementação desse produto.
Existem centenas de artigos envolvendo a creatina e mostrando vários benefícios da suplementação dela. Estudos demonstram desde o aumento de força para praticantes de atividade física até melhora de performance para esportes de endurance.

A creatina costuma dar mais resultados em pessoas que possuem o nível sérico de creatina baixo comparado a pessoas que já possuem um maior nível natural de creatina no seu organismo. Um mito que muito se fala sobre a utilização de creatina é que o uso dela acarretar problemas renais, o que é uma mentira.
Vários estudos mostram que a ingestão a longo prazo dessa substância não acarreta em algum problemas a nível renal, utilizando-se estudos de até 2 anos contínuos de uso. Mas, claro que devemos ressaltar que isso se enquadra a pessoas que não possuem problemas renais, pessoas saudáveis sem danos renais e histórico dessa doença.



Resumindo, a creatina é um dos melhores suplementos do mercado, principalmente para ganho de força, é um produto relativamente barato e com seus resultados amplamente respaldados por vários estudos científicos, o que não é o caso da maioria dos suplementos caros e liberados para a venda no mercado.

Sempre procure a orientação de um nutricionista para o uso de qualquer suplemento.



« Voltar para matérias