Matéria

A ingestão e suplementação de proteínas em mulheres

Bruno Brown – Nutricionista – CRN 09101026

A preocupação com a aparência sempre foi uma característica forte das mulheres e agora com a moda Fitness isso não seria diferente. Toda explosão de uma tendência tem seu lado positivo e seu lado negativo. O positivo dessa febre de culto ao corpo é ver a grande maioria das mulheres buscando resultados à base de exercícios e uma boa alimentação e não mais se entupindo de remédios para emagrecer e fazendo dietas malucas, mas como em todo processo, é sempre necessário ter um bom conhecimento para não cometer excessos ou ir para lados mais “obscuros”. O padrão de beleza da mulher tem mudado a cada dia, as mulheres que se enchiam de sibutramina e viviam a base de água e alface foram substituídas por aquelas que treinam pesado e consomem seus suplementos.

Mesmo com esse interesse por treinos mais intensos visando hipertrofia e definição muscular, ainda vemos muitos mitos e falta de informação. Por isso hoje vamos falar sobre a ingestão de proteínas e suplementação proteica para o público feminino. De uma forma geral, as mulheres já têm um hábito alimentar de baixo consumo de proteínas quando comparamos com os homens, muitas ainda tem MEDO de comer, sempre com pratos recheados de salada, porém baixos em proteína. É extremamente importante para quem está procurando não só uma boa forma, mas também saúde, ter uma ingestão adequada de proteínas, já que são as proteínas que compõe a nossa massa muscular, que também tem ligação direta com a eficácia do nosso metabolismo em queimar gordura. Quanto mais massa muscular se tem, mais acelerado é o nosso metabolismo.



Então quem quer ganhar massa muscular e reduzir o percentual de gordura tem que consumir uma boa quantidade de proteínas magras durante o dia. Exemplos de proteínas magras:

  • Peito de Frango,
  • Atum light,
  • Peito de peru,
  • Clara de Ovo,
  • Leite desnatado,
  • Queijo cottage,
  • Igourte light etc.
  • Esses são excelentes alimentos que devem ser incluídos no cardápio do dia a dia.

    E a suplementação de proteína? E o famoso Whey Protein e similares? Tem muita mulher que ainda acha que vai ficar inchada ou engordar com a ingestão desse tipo de produto, mas estão enganadas, se essa suplementação estiver dentro da sua necessidade diária e sendo usada de forma correta ela só tem benefícios a proporcionar. Por isso é sempre importante consultar um Nutricionista para saber a forma correta de usar e encaixar qualquer suplemento dentro de um programa alimentar.

    Whey protein é excelente para a saúde, ajuda desde o fortalecimento do sistema imunológico até a saúde óssea da mulher, além de ajudar na recuperação muscular e na perda de gordura. Existem bastantes variações e combinações de suplementos de proteínas no mercado, mas vamos falar de uma forma bem ampla como cada um desses produtos pode ser melhor utilizado em momentos específicos do nosso dia a dia.

    MINI GUIA DE USO DE SUPLEMENTOS A BASE DE PROTEÍNAS

    Whey Protein - É uma das principais proteínas encontradas no soro do leite, possui uma rápida e fácil absorção pelo organismo, além de ser rica em BCAA. Existem algumas variações no mercado, desde a fórmula WPC (Whey Protein Concentrado) até a WPH (Whey Protein Hidrolisado), cada uma contém um tempo de absorção diferenciado e algumas características próprias. Ambas as formas tem uma absorção bastante rápida pelo nosso organismo, sendo a hidrolisada superior às outras. Então seriam horários interessantes para o consumo: Pré Treino e/ou Pós Treino.

    Blends de Proteína - São misturas de proteínas de diferentes velocidades de absorção, como a albumina, whey protein concentrado, whey protein isolado, whey protein hidrolisado e a caseína por exemplo, o que mantém uma absorção gradual dessas proteínas durante o seu processo de digestão. Então seriam horários interessantes para o consumo: Antes de dormir ou em refeições ao longo do dia, como um lanche da tarde, por exemplo.

    Caseina - Também é uma proteína derivada do leite, porém com uma absorção mais lenta que o Whey protein. Então seriam horários interessantes para o consumo: Antes de dormir

    PS: Esse é apenas um PEQUENO guia com alguns exemplos. Isso não quer dizer que a Caseína não possa ser bem usada em outro horário ou que não se possa usar um Whey Protein antes de dormir. Tudo depende do objetivo do individuo, características e como o profissional de nutrição pode manipular esses nutrientes para uma melhor utilização do organismo de cada indivíduo.

    Então mulheres, espero que tenham entendido um pouco da importância da ingestão correta de proteínas para a saúde e estética de vocês. Procurem um nutricionista para que ele possa elaborar um plano alimentar individualizado para cada uma.

    Em breve um GUIA COMPLETO sobre informações e dicas do uso de diversos suplementos a base de proteínas.

    « Voltar para matérias